• Isabela Silva

Resenha: Lady Macbeth do Distrito de Mitzensk

Atualizado: Abr 18

"De quando em quando aparecem em nossas paragens uns tipos que nos fazem sentir um tremor na alma sempre que nos lembramos deles, por mais que o tempo tenha passado desde o nosso último encontro. E um desses tipos é Catierina Lvovna Izmáilova, mulher de um comerciante, outrora protagonista de um terrível drama, após o qual nossa nobreza, usando uma expressão bem apropriada, passou a chamá-la 'Lady Macbeth do Distrito de Mitzensk' "

Apesar de sua pequena quantidade de páginas, Lady Macbeth do Distrito de Mitzensk é uma história incrível, assustadora, dramática, em resumo impressionante. O que uma jovem casada com um comerciante por comodidade é capaz para sair de uma vida infeliz e monótona? Catierina Lvovna, a protafonista da história ou a "Lady Macbeth", é capaz de uma série de assassinatos para garantir sua liberdade.


A forma como Leskov escreve é fácil de ler e o enredo é tão instigante que quase perdi o ponto de ônibus várias vezes ao ler o livro é cheio de reviravoltas. Quando você acha que a vida de Catierina Lvovna já está bem resolvida, que atingiu tudo o que almejava, mais coisas acontecem levando-a a ter de agir de forma ainda mais cruel e fria para garantir sua felicidade até chegar ao seu final trágico como a própria Lady Macbeth na peça de Shakespeare.


Acho um excelente livro para inclusive começar a ler um pouco da literatura russa, sem pegar autores que causam um pouco de medo como Tolstói ou Dostoiévski. A tradução que li é a da editora 34, mas também essa história aparece no Tomo II da coletânea "Contos Russos" da Martin Claret.


Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now